sábado, 13 de maio de 2017

Sakura Card Captors - Diferenças entre o mangá e o anime

~Publicado originalmente em redes sociais.

Incrível como a história trata sobre as mais diversas formas de amor. Quando criança eu ligava mesmo era pra ação, que sequer é o foco. A seguir listo as principais diferenças entre o mangá e o anime e depois explico sobre os relacionamentos mais 'polêmicos'.


*Diferenças entre o mangá e o anime:

- O anime tem muito mais cartas que o mangá.

- O mangá já começa com a Sakura sendo uma cardcaptor, tendo um flashback pra relembrar como tudo começou. O anime segue a história em ordem cronológica, o que considerei melhor.

- O final do mangá encerra a história de Sakura de forma relativamente feliz. Tudo bem que o anime, se considerar o segundo filme (que se passa depois), tb faz isso, mas o anime mesmo, sem o filme, termina bem triste. Essa tristeza, ou pelo menos o desenvolvimento dela, está ausente no mangá, mas entende-se que aconteceu.

- O anime tem personagem que não existe no mangá: Mei Li.

- O mangá se divide em duas partes: o antes e depois das cartas serem capturadas. O anime, por sua vez, se divide em três temporadas, mas abordam os mesmos conteúdos.

- O mangá dá várias (in)diretas fortes sobre quem gosta de quem nos casos polêmicos já de cara, além de frases como "gostar mais que amigo", "pena que não entende esse amor no sentido que gostaria" e "quando crescer entenderá". O anime até deixa umas pistas, mas nada tão direto assim.


*Os pares amorosos do mangá (spoiler):

- A mãe da Tomoyo era prima da mãe da Sakura, e ela a apreciava demais. A Tomoyo tb aprecia demais a Sakura, como se fosse algo genético. No início do mangá a Tomoyo diz que gosta da Sakura, mas que não da forma que a Sakura pensava, dizendo que explicaria quando ela crescesse. Só que, ao decorrer do mangá, a Tomoyo começa a apoiar o Shoran a se declarar pra Sakura, como que tudo o que importasse fosse ver ela feliz.

- O pai da Sakura era professor e se casou com uma de suas alunas, que tinha 16 anos na época. Ou seja, o namoro já devia vir de antes. Mas a Sakura nasceu só depois que ela ficou de maior (e pouco depois morreu).

- O Touya tem atração pelo Yukito, mas nunca deixaram claro qual era a deles. Uma mulher sempre dizia que ele não mudava e que deveria contar a verdade. Acabou que o Yue uma vez disse que o Touya deveria parar com isso. No final transformaram tudo em "o Touya sabe o segredo do Yukito mas não sabe como contar" e "o Yue atrai o Touya por causa da magia, como se ele estivesse enfeitiçado, então não é amor de alma gêmea".

- Essa coisa da magia atrair é o que acontecia com Sakura e Shoran com o Yukito, por causa do Yue. O Yukito/Yue lá pro final do mangá chega a conversar com a Sakura sobre o tal amor que ela sente por ele.

- O Eriol, que é a encarnação do mago Clow mas ao mesmo tempo não é (ele tem as memórias, mas tb tem personalidade própria) acaba ficando com a professora lá que aparece na história. Ele naquela forma é criança, e ela já é adulta. Mas como ele meio que é o Clow, é bem velho. Ainda assim ficou estranho.

- Mas o mais polêmico de todos com certeza é a relação de uma das alunas com o professor. Ela diz estar namorando um cara mais velho e o mangá sempre deixa pistas que é o professor, até com troca de olhares. E sim, eles chegam a sair pra encontro, mas não é mostrado nada. Não se sabe se eles tiveram um caso ou se o professor apenas tentou alegrar a aluna, como uma companhia, mas sabendo o seu lugar.

Sobre Mim

Minha foto
Duque de Caxias, Rio de Janeiro, Brazil
Em 2008 criei um blog por experiência. Queria saber como era um blog. Inicialmente era apenas para reunir o que eu achava de legal pela internet. Dois anos depois, em 2010, criei meu blog com críticas de filmes, já que, embora eu não seja experiente nesse ramo, gosto de ver filmes, de entendê-los e tal. Em 2014 vieram as mudanças. O blog que reunia o melhor da internet virou um blog de matérias e histórias que eu mesmo escrevo. O blog que continha críticas de filmes, séries, curtas, shows, etc, agora são apenas filmes e séries devido a enorme demanda de conteúdo. Os modos de escrita também estão mudando para melhor. Fiquem ligados para novidades.