segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Conheça Pepper, o robô que reconhece emoções humanas

Medindo pouco mais de 1 metro de altura, a empresa japonesa de telefonia móvel Softbank, em parceria com a empresa francesa Aldebaran Robotics, criadora original do robô, apresentou Pepper, um robô capaz de reconhecer as emoções humanas através de expressões e vozes e também conversar, aprender e até mesmo compartilhar informações com outros Peppers. Pepper é um robô todo branco, com cabeça, braços e mãos gesticuláveis, rodas em vez de pés e uma inusitada tela em sua barriga.

O objetivo é trazer felicidade para as pessoas através de uma companhia robótica. Pepper chegará ao mercado japonês em fevereiro de 2015 custando algo em torno de 200 mil ienes (aproximadamente 4,6 mil reais). Abaixo, alguns vídeos do robô.

Aqui, uma emocionante apresentação de Pepper e seu contato com o presidente da Softbank, Masayoshi Son:

http://www.youtube.com/watch?v=O6Yk7uku6_Q

Nesse outro, Pepper conversa com Masayoshi Son e com o público:

http://www.youtube.com/watch?v=kwMJCAZUyGc

Já nesse, Pepper interage com as pessoas no palco, com o público e ainda canta:

http://www.youtube.com/watch?v=b8J2FyS0WgA

Mais vídeos com Pepper conversando com as pessoas:

http://www.youtube.com/watch?v=XCrdrcZFDU4

http://www.youtube.com/watch?v=iyJI_pcg-KQ

Por último, uma divertida entrevista (legendado em inglês):

http://www.youtube.com/watch?v=caZexKG-UZk

~Postagem originalmente publicada no portal Kokyo em 22 de outubro de 2014~

Nenhum comentário:

Sobre Mim

Minha foto
Duque de Caxias, Rio de Janeiro, Brazil
Em 2008 criei um blog por experiência. Queria saber como era um blog. Inicialmente era apenas para reunir o que eu achava de legal pela internet. Dois anos depois, em 2010, criei meu blog com críticas de filmes, já que, embora eu não seja experiente nesse ramo, gosto de ver filmes, de entendê-los e tal. Em 2014 vieram as mudanças. O blog que reunia o melhor da internet virou um blog de matérias e histórias que eu mesmo escrevo. O blog que continha críticas de filmes, séries, curtas, shows, etc, agora são apenas filmes e séries devido a enorme demanda de conteúdo. Os modos de escrita também estão mudando para melhor. Fiquem ligados para novidades.