quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Baseado em fatos reais (texto)

Trabalho de produção textual na faculdade.
Escrito por Lucas Cardozo com a ajuda de Gabriel Henrique e Lucas Chevi.

Baseado em fatos reais

Primeiramente quero deixar claro que não uso drogas e não gosto de fazer apologia a elas. Drogas fazem mal a saúde, mas isso todo mundo já sabe, é clichê, é ultrapassado, mas infelizmente é real porém ignorado. Mas vamos ao que interessa!

A professora passou um trabalho onde o aluno deveria escrever uma crônica (é o que estou fazendo aqui). Inicialmente, era apenas para quem não fez o trabalho anterior, que era sobre paródia e intertextualidade, mas acabou que, mesmo para quem fez, o trabalho ficou válido. Não pense que eu vou ganhar mais pontos,já que não fiz o trabalho de intertextualidade, só o de paródia. Falando em paródia, soou uma falta de criatividade, onde parodiei uma música de Little Richards, também cantada por Elvis Presley, chamada Tutti Frutti. O assunto, pasmem, foi sobre criar uma paródia relacionada a português, em proveito da aula em questão. Me perdoe Elvis e Little por estragar a música fazendo trocadilhos que nem o Carlos Alberto de Nobrega aguentaria. A propósito, Carzalbé, me contrata.Não invoquei nenhum "prassódia". Mas enfim, vamos ao que interessa. De novo? Com licença, pensei que a crônica era minha. Fui até perguntar para a professora como se escrevia "licença". Maldita internet!

Sentado na carteira, na universidade, penso no que dizer na crônica, enquanto escrevo sobre o que pensar em escrever na crônica. Falta de criatividade? Acredite, não, pior que a paródia não fica. Observo as pessoas ao redor. A professora disse que, (espera que alguém passou na minha frente), [prosseguindo], podíamos ir para fora da sala observar o que acontece ao nosso redor para nos inspirar para a crônica.
Enquanto a professora fala sobre o caso do rato na Coca-Cola, termino essa crônica totalmente baseada (sem drogas) em fatos reais. Não reclame do sentido desta crônica, afinal "fatos reais" é um grande pleonasmo, não? Achou o final feio, o problema é meu, seu também, mas sou eu que estou escrevendo, então quem manda nessa crônica sou eu. Por Aslam e por Nárnia!

Nenhum comentário:

Sobre Mim

Minha foto
Duque de Caxias, Rio de Janeiro, Brazil
Formado em jornalismo e futuro escritor de livros. Criei um blog em 2008 por curiosidade para reunir o que achava de melhor na internet. Em 2010 criei outro blog para críticas de filmes e afins. Buscando apresentar uma identidade mais pessoal, em 2014 reformulei ambos. Hoje servem mais como meios de divulgação para matérias que publico em outros sites.